JOSÉ STERQUINI MUNIZ

STERQUINI  FALA DE TUDO MAS FALA DE AMOR

Textos

Viajando pelo interior
Viajando pelo interior
Conheci uma linguagem que não sabia que existia; um homem muito estranho apareceu para fazer uma reclamação contra as Filhas do senhor Francisco
Ele disse: Sô Chico, Eu vim fazê um a recramação: suas fia riu de eu, e num achei bão nem um tiquim e foi percaso disso que vim fala cum vois mecê
Sô Chico: Rosalina  vem cá; oque é paiê?  Tô  cupada o sinhô num tá veno! Vem acá! Pre quê  pai? Quero sabê, se ocê riu desse ome; ocê cunhece ele ?
Eu não Pai! e ocê Catarina, cunhece esse sinhô? Eu em pai,  num cunheço ninguém não!
Ele veio recramá cum eu, que oceis riu dele. Fia deu num caçou-a do zôto já falei.  
Catarina: Perciza cunhecê pra mode ri de arguém pai?  
Sô chico:  O sinhô vei recramá das fia de eu, Voz micê Pode dizê pra eu quale  é sua graça  por obséquio.
manuéle: é o nome deu  tô zangado cá farta de inducação das fia de vós micê  
Sô Chico: Ó meu sinhô, vosmecê acha de fia de eu tava mangano de vós mecê? Fia deu  num ri de arguém atôa não; vô chama esa aqui pra mode esa conta o pro que deas ri de vós micê

Rosalina: viu mana ocê e eu num pode nem ri mais, que as pessoa vem recramá cum pai de nois; Catarina: Besta, eu num vô fica sem ri só por conta disso. Nois vai na ingreja hoje mana? Se o pai de nois dexá nois vai. Catarina: Pai nois vai na ingreja hoje nois pode? Ancês vai, mais tem que fala per que riro do ome. Catarina:  ele é fei pai nois ohô  e riu, o ome achava quera de ele que nois riu
Dia seguinte: Catarina: Onte nois fumo na ingreja, Jona tava lá, ele falô: que qué namorá cum eu? Rosalina: Jona é rico, ocê cridita qui ele què namorá  cocê? Catarina: Falei pra ele pedi o pai de nóis, Ele falô que  vai pidi o pai de nois pra namorá cum eu  
Já fazia um mês que Jonas prometeu e não mais apareceu pobre Catarina!
sterquini
Enviado por sterquini em 17/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras